Deixe um comentário

Programa Mulheres Mil amplia parcerias em 24 estados para cumprir meta de capacitar mil trabalhadoras até 2014

O programa Mulheres Mil, do Ministério da Educação, voltado para o aumento da escolaridade e formação profissional de brasileiras de baixa renda, deve ampliar a parceria com mais 101 institutos federais de educação, ciência e tecnologia em 24 estados do país. Os institutos foram convocados, por meio de chamada pública, e já apresentaram propostas de adesão à iniciativa federal.

Cada um dos novos núcleos do programa receberá R$ 100 mil para o início das atividades ainda neste ano. O investimento total será de R$ 10 milhões. De acordo com o MEC, a previsão é que sejam criadas 20 mil vagas nos novos núcleos, beneficiando mais de mil mulheres, com ações que aliam formação profissional à elevação de escolaridade até 2014.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, tem destacado que o programa é realizado em parceria com o Canadá, país que, segundo ele, “tem sido uma referência em educação para os nossos jovens estudantes e pesquisadores”.

Ele relatou que “o Mulheres Mil nasce em uma parceria com a tecnologia social desenvolvida no Canadá, que já tinha um programa para estimular a inclusão social de mulheres de baixa escolaridade em situação de vulnerabilidade social. Em cima dessa experiência, fizemos parceria com o Instituto do Rio Grande do Norte. E depois ampliamos para três institutos federais da região do Nordeste, com escolas técnicas canadenses. De 2008 a 2011, conseguimos atingir 1.191 mulheres, que tiveram oportunidade de empregabilidade e melhor inserção no mercado de trabalho, para aumentar renda e o sustento digno de suas famílias”, disse.

O Mulheres Mil – que faz parte do plano Brasil sem Miséria – foi implantado, como projeto-piloto, em 2007 em 13 estados do Norte e do Nordeste. Em 2011, entrou em funcionamento definitivo. Desde então, já atendeu mais de 10 mil brasileiras em situações de vulnerabilidade em 112 unidades federais em todo o país. Em cada localidade, são atendidas as carências específicas das comunidades. A oferta de cursos está alinhada à vocação econômica regional.

Melhoria da sociedade

No início desta semana (24), o ministro Mercadante participou da reunião da presidenta Dilma Rousseff com o governador-geral do Canadá, David Johnston, para discutir e agradecer o apoio do Canadá ao Mulheres Mil. Durante o encontro, Dilma afirmou que a iniciativa é estratégica para o país, pois contribui para a formação e qualificação das mulheres brasileiras.

“Se você forma a mulher, você tem uma melhoria em cadeia da sociedade. (…) Então quando você forma bem uma mulher, você está formando bem uma comunidade, uma família, uma cidade, um estado e um país”, enfatizou a presidenta.

http://www2.planalto.gov.br/imprensa/noticias-de-governo/programa-mulheres-mil-amplia-parcerias-em-24-estados-para-cumprir-meta-de-capacitar-mil-trabalhadoras-ate-2014/view

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: